Follow by Email

sábado, 14 de julho de 2012

ÉS MAIS BELA QUE O VERÃO


















Comparo-te a um dia de Verão!
Teu semblante é mais belo, mais ameno!
Quando passas ficam rosas pelo chão...
Só é pena o Verão ser tão pequeno!...

Como o sol, tu brilhas em demasia,
Mas outras vezes desmaias em tristeza...
O que é belo declina num só dia,
Nesta terna mutação da Natureza...

Em ti, sempre o Verão será eterno
E a beleza que tens não perderás,
Nem serás como a 'stação do Inverno!

Com os meus versos, o tempo contarás!
E, enquanto neste mund'houver um ser,
Meus poemas vivos te farão viver!

Modesto


Sem comentários:

Enviar um comentário