quinta-feira, 5 de julho de 2012

BENDITO SONHO




















De noite, enquanto dormia,
Eu sonhei com convicção
Qu' uma fonte ali fluía
Dentro do meu coração.

Era água bem definida
Que, às gotas, vinha a mim,
Manancial de nova vida
Para me dar força assim.

Havia douradas abelhas,
Que pra suavizar meu fel
E amarguras já velhas,
Fabricavam doce mel.

Um sol ardente mostrava
Cor roxa desse lugar.
Era um sol que me lembrava
Que podia, ali, chorar.

E enquanto eu acordava
Do meu sonho, nada em vão,
Compreendi que Deus estava,
A afagar meu coração!

Modesto

1 comentário:

  1. Lindo, Modesto!!!
    Nele transparecem suas dores...irisadas de esperança e fé em Deus Pai, omnipresente e terno, até nos seus sonhos!!! Gostei dessa força galvanizada!!! Não resista à luta...lute para resistir...até vencer.
    Estamos consigo, todos!!!

    ResponderEliminar

O CORAÇÃO DO SER HUMANO

O coração de todo o ser humano Foi concebido para ter piedade, Pra ser doce no eterno desengano, Para olhar e s...