Follow by Email

segunda-feira, 27 de junho de 2011

ENCONTREI-TE, SEREIA!

És uma sereia, já te conhecia.
Encontrei-te quando menos esperava.
Estavas linda, na Rua d'Alegria,
E era à beira-mar qu'eu te procurava!

Teus olhos são como o fundo do mar,
Tão lindos eles são, tão grande tesouro!
O teu bom coração e o teu olhar
Têm mais valor que o valor do ouro!

Agora sei que és boa rapariga
E que sempre te mostraste minh'amiga,
Pois deixas-me contigo permanecer.

Nesta vida se cruzaram nossos mundos,
Junto ao mar a sondar os seus fundos,
Juntos ao luar até amanhecer.

Modesto

sexta-feira, 24 de junho de 2011

7 FLORES PARA UMA VIDA

1 - SER VERDADEIRO
     Não quero caminhos fáceis que me afastem de Deus.
     Quero caminhar com o Espírito Santo, artífice da verdade de Deus.
2 - SER FORTE
     Não quero ser pusilânime: Pelos belos caminhos floridos, também há espinhos
     Mas são eles que suportam a minha fé com o Espírito de Fortaleza.
     As dores completam o sofrimento de Cristo e a minha dor, unida à Cruz, salvará o mundo.
3 - SER CONSTANTE
     Não quero dizer hoje "sim" e amanhã dizer"não"
     Quero viver comprometido com o Calvário, até à manhã da Ressurreição e ser fiel, sem fissuras,
      até ao dia do Pentecostes e permanecer firme na fé, até à Aurora do Reino.
4 - SER CORAJOSO
     Não quero perder a coragem, mas manter uma luta tenaz em cada dia, decidido a fazer o que devo
     fazer, estar onde devo estar, no lugar onde for mais preciso e útil ao meu próximo.
5 - SUPERAR-SE
     Não quero ser alienado, mas viver no caminho da perfeição como nas Bem-aventuranças, não me
     contentando com os mínimos.
6 - SER AGRADECIDO
     Não quero só ter direitos mas também deveres.
     Quero educar-me na exigência, agradecer a quem me ajuda, aos meus amigos e a Deus que me dá
     tudo o que preciso para viver.
7 - TER ESPÍRITO DE POBREZA
     Não quero ser mendigo! Quero lutar contra as situações de injustiça que dividem a humanidade
     entre ricos e pobres. A Natureza produz alimento para todos! Não acumular mas distribuir
     equitativamente. O «Pão nosso de cada dia» é o símbolo daquilo que é preciso para viver.

DESEJOS

Todos os desejos nascem no teu íntimo.
Essa cadeia nunca tem fim: É a Vida!
Não consideres nenhum inútil:
Algum dia eles se cumprirão.
Os desejos são sementes à espera da Estação,
Para germinar numa floresta viva:
Aprecia cada um no teu coração,
Um dia, eles a Deus te levarão,
Pois a Verdade está no  teu coração!

Modesto

ORAÇÃO DA NOITE

Dá-nos, Deus, a Tua bênção,
Antes de irmos dormir,
Aos que amo dá-lhes pão,
Bom descanso, bom porvir.

À família e irmãos,
Te rogo, dá alimento,
Acolhe nas Tuas mãos,
Com saúde e alento.

Aos triste, dá Teu consolo,
Aos enfermos dá remédio,
Aos famintos dá um bolo
Aos órfãos, dá-lhes um prédio.

Bem digamos ao Senhor,
Por tanto dons recebidos!
Guardai-nos no Voss'Amor,
Pra no céu ser acolhidos.

Modesto

segunda-feira, 20 de junho de 2011

UM DIA PARTIREI

Quando eu morrer,
Abre a janela e canta,
Veste-te de alegria e dança
E não contes a ninguém
Porque eu vou pró Além
Mas fica um pouco de mim, àquem,
Num pedaço de ti
E dos filhos também.

Não me chores!
Eu não me entristeço!
Já tive tudo o que mereço
Na vida que bem conheço
E no caminho em que padeço,
Já paguei o justo preço!

Deixa entrar um pouco de ar fresco
E um pedaço do Céu
- O único que conheço
E sei
Que esta é a nossa lei.

Não me chames que eu sei
Que, de lá, nada te direi,
Mas, no Amor,
Sempre contigo estarei.

Modesto

ASPIRAÇÃO

Flores, campos, pássaros a cantar
Ao Criador da terra e do mar!
Raios de sol e noites de luar...
E eu fico contente só de pensar:
Como seria feliz a voar
Por cima das nuvens a passear,
Ouvir os Anjos trombetas tocar,
Espalhando música pelo ar...
E numa alta serra eu pousar,
Fazer lá uma tenda pra morar,
Ao Criador bem dizer e louvar,
Eternamente dessa paz gozar,
Como criança a viver voltar!

Modesto

quinta-feira, 16 de junho de 2011

O QUE MAIS ENCANTA

É ter esperança no amanhã,
Saber que depois da noite vem o dia,
Viver intensamente as emoções
E saltar de alegria.
Viver uma vida sã,
Apreciar o nascer do sol
E gostar de todas as Estações.
Ter por toda a Natureza
Muito amor.
Vencer a tristeza
 E confiar na voz interior.
Estimular a criatividade
E pular de felicidade!

É ser positivo
E rir com franqueza,
Ser sincero e assertivo,
Sendo humilde, com a certeza
Que, assim, se é mais sensitivo!

É ter motivações
Para respirar a brisa do mar,
Ouvir o suave cantar das fontes,
Ver as nuvens a chorar,
Saciar os famintos corações
E buscar novos horizontes!

É valorizar os êxitos adquiridos
Mas entender que há limites.
Viver apaixonado pela vida
E colocar nela energia positiva,
Quando os sonhos são perdidos!

É arrepender-se dos momentos infelizes,
Mostrando não ter sido carinhoso,
Esquecendo o amor nos deslizes,
Pedindo perdão a Deus Misericordioso!

Modesto

PRAZER AO AR LIVRE

Passear entre os bosque de pinheiros,
Nas lindíssimas colinas engastados,
Brincar nos esconderijos de salgueiros,
Pelas margens do Douro espalhados,

Apreciar os coloridos rebanhos
E vastas manadas de bois pachorrentos...
Ou ir às praias fluviais - ricos banhos! -
Em dias claros e isentos de ventos...

De manhã, pelos campos ir passear,
Maravilhar-se com flores multicor...
À tarde, as escarpas ir escalar,
Embebedar-se do rubor do sol-pôr,

Vales estreitos de colinas cercados,
Ladeiras rochosas com águias nos cumes...
São lugares para se sentir exaltados
Com incursões à Terra e aos costumes!

Modesto