sexta-feira, 24 de junho de 2011

DESEJOS

Todos os desejos nascem no teu íntimo.
Essa cadeia nunca tem fim: É a Vida!
Não consideres nenhum inútil:
Algum dia eles se cumprirão.
Os desejos são sementes à espera da Estação,
Para germinar numa floresta viva:
Aprecia cada um no teu coração,
Um dia, eles a Deus te levarão,
Pois a Verdade está no  teu coração!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

ORIENTA-ME, ESTRELA DA MANHÃ !

Eu te procuro, doce estrela a manhã Que no lusco-fusco d' aurora 'stá desperta, Por vezes, no meio de nuvens c...