Follow by Email

segunda-feira, 2 de julho de 2012

DOR E SORRISO



Sorri quando a dor te torturar,
Forem tristes teus dias, vazios.
Sorri se a saudade aumentar...
Se és feliz, vives com sorrisos.

Sorri quando o sol perder a luz
E sobre teus ombros já cansados
Sentes o peso da tua cruz
E teu corpo, trapos 'sfarrapados.

Sorri quando tudo terminar
No teu sonho qu'era encantador,
Pois, quando nada mais te restar
Na vida, nem sequer terás amor.

Sorri enganando a tua dor
Porque, ao notar que tu sorris,
Toda a gente irá supor
Que vives bem, sorris, és feliz.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário