sábado, 10 de março de 2012

MINHA ALMA AGRADECIDA























Brotam da minh'alma agradecida
Tão ternas e melodiosas notas,
Soam p'lo espaço em sustenida...
É música de regiões ignotas!

A minh'alma é um grande tesouro,
Onde se escondem os sentimentos,
Tão parecidos com o rico ouro
Que se obtém com os padecimentos.

Dentro de cada um do ser humano,
Há uma bela jóia inestimável,
Um grande recurso sobre humano:
Faz cada pessoa incomparável.

No meu corpo Deus quis pôr uma alma
Para que gozasse dos bens eternos,
Os apreciasse com tod'a calma
Sem dar tanto valor aos bens terrenos.

Jesus, Filho de Deus, Te agradeço
Teu Sangue derramado por minh'alma.
Sofrestes por mim e eu não mereço
A Transcendência que me dá calma!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

TRAZER O "SER" LIBERTO

Da gota d' água dum carinho agreste Geram-se os oceanos da bondade. O coração qu' é livre e bom reveste Todo o...