sábado, 24 de março de 2012

AH!... BELA POESIA!

Minha bela poesia,
Entra suav'em minh'alma,
Invade-me, m'alivia.
Pois só tu me dás a calma!

Minha mente, num lampejo,
Me torna embriagado!
Tu és fremente desejo!
Poesia, obrigado!



 O céu de luz cintilante
 Traz-me sereno afago
 E uma 'strela brilhante
 É a emoção que trago!

 Abraço-te com carinho,
 M'acompanhas na jornada,
 Contigo vou a caminho
 De te ter idolatrada!

Conheço o teu segredo
E teu sonho, minh'amada!
Mas há momentos com medo
De ficar a valer nada!

Tu levas-m'até à serra,
Pra ver os vales e montes
E levas-m'à minha terra
Beber frescura das fontes!

Já é tempo de voltar
A viver felicidade!
Tu fazes bem me lembrar
O tempo de mocidade! 

Modesto

1 comentário:

  1. Quanto mais o leio, mais o vou idetificando com o pouco que tenho escrito sobre si...A poesia é uma paixão que agrega e canta, com muita sedução, os seus amores vivenciais : esposa, família, o «irmão» a natureza...e Deus, cúpula do seu ter, querer, e ser!!!

    ResponderEliminar

UM PAR DE ASAS

Se eu fosse águia ou cotovia Com liberdade plena à minha mão, De voar segundo a minha fantasia, De abrir as asas e ...