quarta-feira, 14 de março de 2012

CUPIDO JÁ NÃO SEGURA O AMOR


















Cupido, representas a magia
Que se choca com a linha do tempo,
Armazenas em ti só sinfonia
Ao lançar a seta e movimento.

Impregnas cores do arco-íris
Em sinal de amor-eternidade,
Mas vê: os olhares das nossas íris
São, às vezes, brindes da saudade!

Cupido, Quando queres ,tens poder
Do sol, da lua e das estações...
Em noites prateadas, podes crer
Que despedaças muitos corações.

Abrasas-nos com o teu arco tenso,
Lanças setas certas ao coração.
Mas o amor que dás não é intenso:
Parte-se na primeira discussão!

Então, que podemos de ti 'sperar?
Suspiros e cores da saudade?
Hoje em dia, nem consegues casar
Corações que têm felicidade!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

O CORAÇÃO DO SER HUMANO

O coração de todo o ser humano Foi concebido para ter piedade, Pra ser doce no eterno desengano, Para olhar e s...