terça-feira, 6 de março de 2012

ACALMA-ME, SENHOR




















Acalma, Senhor, a minha vida apressada,
Baixa as badaladas do meu coração,
Domina minha mente desassossegada
E diminui o ritmo da minha tensão.

No meio das confusões do dia a dia,
Faz-me tranquilo como é uma montanha,
Atenua os meus nervos com melodia,
Suaviza est'ansiedade tamanha.

Com a música tranquilizante dos rios,
Lava o vai-vem das minhas recordações,
Ajuda-me a afastar-me dos meus brios
E a dominar os meus sonhos folgazões.

Dá-me tempo para contemplar uma flor,
Ver um amigo, acarinhar um menino,
Ler um poema com música de valor,
Cantar tranquilo um fadinho pequenino.

Que eu perceba as lutas e desalentos,
As alegrias e tristezas do irmão,
As lutas diárias pelos alimentos...
E a Tua presença no meu coração.

Que poss'entoar o cântico da 'sperança,
Sorrindo ao próximo, sabendo escutar,
Inspirar-me nas raízes do ser criança,
Valores perenes da vida semear.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

INCÊNDIO VELOZ

Corre mais que um atleta, mais depressa E corre tão depressa como o vento... Atrás de si, fica a treva espessa: O ten...