sexta-feira, 15 de novembro de 2013

ONDE?

















Em qualquer recanto onde existam rosas,
Qualquer rua escura com bom ou mau tempo
As palavras soam sem ser indecorosas...
Talvez eu me mate só d'encantamento!

Onde haja caminhos e se vá com regras,
Ou estradas largas com luzes acesas,
Passarinhos voem pela noites negras...
Onde haja esperança e belezas!

Onde haja a certeza que tem alegria
E onde o túnel do mal jamais existe
Como as flores que se dão a Maria
E onde o bem não deixe ninguém triste!

Onde tribulação seja um instante
E todos consigam manter sua calma...
Talvez eu não morra e mais me encante,
Onde o amor e a vida tenham alma!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

INCÊNDIO VELOZ

Corre mais que um atleta, mais depressa E corre tão depressa como o vento... Atrás de si, fica a treva espessa: O ten...