quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

A NEVE E A FLOR


















A tarde era triste, a neve caía
Nem ave voava, nada de rumor...
E o branco manto os campos cobria,
Deixando descoberta só uma flor.

Caía a neve, pálida, mas bela!
Tudo cobria, menos a bela flor.
Eu extasio-me a ver, à janela...
Penso que a neve também tem amor.

E ouço os flocos com a flor falar:
Se não sentia frio, lhe perguntar,
Sentia a neve cobrir-lh'a raiz?...

- A raiz nada sente, diss'a flor calma,
O frio que eu sinto vem dum sem alma
Que me vai cortar...Não me quer ver feliz!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

TRAZER O "SER" LIBERTO

Da gota d' água dum carinho agreste Geram-se os oceanos da bondade. O coração qu' é livre e bom reveste Todo o...