Follow by Email

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

BELEZA CAMPESTRE


















Eu vi um campo de flores
Coloridas e singelas  :
Falaram dos meus amores
E mostraram-m'as mais belas.

Dialoguei... e tão feliz
Com a agreste beleza,
Que outra coisa não fiz,
Que tratá-la por Alteza!

Eu vi beleza tão rara,
Quando o sol cintilava,
Que a julguei ser tão cara
Àquele qu'a cultivava!

Ao lado, passava o rio,
Um barco por ele abaixo.
Dei-lhe a flor com mais brio...
De uvas deram-m'um cacho!

A flor era amarela,
Com ar de tranquilidade...
Pra eles for'a a mais bela,
Sinal de boa amizade.

Mais par'cia a Primavera:
Tudo brincav'ao amor!
A vida era sincera,
Tudo davam sem favor!

E na beleza campestre
Tonalidade amarela,
Verdejava um cipreste,
Sombreando a terra bela!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário