sábado, 22 de fevereiro de 2014

A ÁRVORE DA VIDA






















Gotas d' orvalho nos ramos a descer,
Alimentam o mais tenro rebento.
Um manto de luz nos faz renascer
E dá-nos um intemporal pensamento:
Como a luz do dia, vamos nascer!

P'la vontade do amor, são conduzidas
As pontas desses rebentos desunidas,
Nos olhos dos galhos que vão renascer.
Há muito tempo já que estão contidas,
Com vontade de viver as suas vidas:
Só o dom de Deus lhes permite crescer!

Na árvore, há ramos pra ajudar.
Nos dias de sol, dão abraço fraterno.
Cada dia , há festa para cantar
D' alegria por ter passado o Inverno...
Há sorrisos, empatia, pra animar!

Sabeis que há uma eterna ramada
Que está nas vossas folhas anotada.
A crescença nunca está acabada!
Digo aos cépticos, que não ouvem nada:
Acreditem, haverá uma chamada!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCANSO DUM SONHADOR

A cabeça pendida docemente Em sonhos do sonhador inquieto: É o sonho o seu bordão clemente E repousa num descanso discr...