Follow by Email

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

SENTIMENTOS























É por ti que me encanto,
E por ti vivo e sonho.
É por ti que sofro tanto,
É por ti que me exponho.

Por ti é que me desvendo,
Me arrisco no que faço:
Componho versos e vendo,
Parecendo ser palhaço.

É por ti que fico louco
Com esse teu jeito meigo,
Me embriago um pouco
De amor... Pareço leigo!

É por ti qu'a poesia
Ajuda meu crescimento:
És humana n'alegria,
És deusa no sentimento.

Nunca serás esquecida,
Enquanto eu viver:
Serás sempr'apetecida
Num terno entardecer.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário