sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

O MEU BOM AMIGO























É bom que eu sinta a amizade:
Ajuda minha fraqueza infinda!
Sem Lhe pedir, exerce caridade,
Faz bem e não se contenta ainda.

É Ele que m'escora no caminho,
Traz a paz e a aventura boa,
Reconforta das quedas, com carinho,
Procura-me, auxilia, perdoa!

Faz-me ver o melhor e o perfeito,
Ensina a servir sem notar defeito,
Percebe o anseio de melhora.

Sana os erros e queixas que faço,
Conduz-me pelo bem, passo a passo...
Fica, ampara... Não Te vás embora!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

INCÊNDIO VELOZ

Corre mais que um atleta, mais depressa E corre tão depressa como o vento... Atrás de si, fica a treva espessa: O ten...