segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

DESLUMBRAMENTO SERRANO





Na montanha, mora a musa que m'anima,
Pela claridade da luz e beleza.
Viver na montanha, ir até lá cima,
É pura alegria e sincera estima,
Na intimidade com a Natureza.

Subir a montanha é um belo quadro:
A lírica excursão de liberdade.
No sopé, de admiração não ardo,
Nem sei desenhar a compasso e 'squadro:
Lá cima, desenha-se paz e verdade.

Lá nasce um ribeiro, abundam ramagens,
Belo funcho cresce, seu aroma apraz,
Crescem ervas qu'alimentam as pastagens,
Refrescam os rebanhos, não são miragens...
E o silêncio qu' a serra nos traz?!...

As colinas brilham, qual lugar sagrado,
Belo com'oásis de salubridade.
Os pastores na mão levam seu cajado,
Guiam o rebanho que vai a seu lado...
Um belo quadro que me deixa saudade.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

O CORAÇÃO DO SER HUMANO

O coração de todo o ser humano Foi concebido para ter piedade, Pra ser doce no eterno desengano, Para olhar e s...