Follow by Email

sábado, 21 de janeiro de 2012

AMO A VIDA













Amo a vida real,
Fascinante, incomparável...
Natureza sem igual,
Procura insaciável.

Do lugar donde provém:
Nuvens, céu, lua e mar...
A beleza se detém,
Como sonhos pra sonhar.

Procuro felicidade:
Fantasias cultivadas
E, usando a bondade,
Ficam tão valorizadas!

E... ao ver o despertar
Do amor sinceridade:
Paisagens, lua e mar...
Dão-me a felicidade.

Já se foi a juventude,
Mas é possível sonhar
Que beleza e virtude,
Aind'é bom procurar.

Como definir a vida?
Viver, olhar, provocar
A beleza definida
Em Deus que quero amar.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário