Follow by Email

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

ORGULHO DE SER SERRANO




Nasci à beira do Douro,
Cresci na casa da serra,
Vivi infância d'ouro,
Amei sempre a mina terra.

A casa era velhinha,
Mas tinha boa lareira.
Gostava duma vizinha...
Brincávamos numa leira.

Quando chegava a noite
Ou se 'stivess' a chover,
Acendia-s' a lareira,
Para lá nos aquecer.

Éramos todos amigos
E era bom conviver!
Havia sempre motivos
Para contos descrever.

E cada um lá contava
Um pouco da su'história.
Bem atento, escutava:
Muitas tenho na memória.

Eram tantas as histórias
Qu'havia na minha terra!
Contavam-se belas glórias
D'idas ao alto da serra...

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário