quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

VIVER



















Viver é saber como se caminha,
Como a vida quer ou como chama.
Viver, sentir a vida pequenina...
É a vida sonhada de quem ama.

É como ver a quimera erguida,
Sonho febril a soluçar de rastos.
É ter a dor humana tod' a vida
E ir chorando nos teus braços castos.

É a luz e os cardos ir beijando
Como alguém que nos venha amando...
É esperar a morte docemente.

O mistério da vida nos leva
Pelo sol, perdidos na sombra-treva,
Com a alma a cantar alegremente.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCANSO DUM SONHADOR

A cabeça pendida docemente Em sonhos do sonhador inquieto: É o sonho o seu bordão clemente E repousa num descanso discr...