Follow by Email

terça-feira, 25 de março de 2014

SONHOS & SONHOS






















Como sino que ecoa p'lo espaço,
Eu sinto o coração destro do peito
A bater e a pulsar sem embaraço,
Porque o meu sonho nunca foi desfeito!

Se sonho de dia, vou indo e faço.
Se sonho de noite, fico no meu leito.
Tem sempre cura e nunca é fracasso,
Porque sempre soube e sei dar-lh' o jeito!

Da minha janela, vej' um belo monte,
De noite, vejo 'strelas no horizonte
E tudo me dá força e esperança!

Tudo o qu' é alegre se manifesta,
Nesta vida descansada, só me resta
A saudade do meu tempo de criança!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário