sexta-feira, 7 de março de 2014

O MUNDO INTERIOR


















O mundo é uma sala iluminada,
Aberta a uma noite misteriosa.
Há também muito ruído na esplanada,
Onde s' espelha a luz do luar medrosa.

Estou só, de alma tristonha, desolada,
A sentir desgosto, com visão desditosa...
Vou contemplando a noite estrelada,
Na ampla sala deserta, silenciosa...

Ouvindo, na aragem leve que perpassa,
Vozes d' outrora... espelham-se  na vidraça,
Com visões dum doce sonho enganador...

Porque, neste mundo, apenas vejo,
Na incerta névoa fosca do desejo,
Vagas formas de um mundo interior!

Modesto



Sem comentários:

Enviar um comentário

O CORAÇÃO DO SER HUMANO

O coração de todo o ser humano Foi concebido para ter piedade, Pra ser doce no eterno desengano, Para olhar e s...