terça-feira, 1 de maio de 2012

S. JOSÉ OPERÁRIO























José, Justo homem, servo de Deus,
Pobre habitante de Nazaré,
Com humildade alcançaste os Céus,
Fost'agraciado com o dom da fé.

Tomaste Maria, Mulher fiel,
Sem saber o que queria Yahweh,
Tu acolheste O Emanuel,
Foste pai do rebento de Jessé.

Nós te aclamamos, servo prudente,
O pai de Cristo, no mundo presente,
Que gera sonhos jovens n'operário.

E trabalhando na simplicidade,
Por Jesus, chamado à santidade,
Tornas-te Patrono do operário.


Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCANSO DUM SONHADOR

A cabeça pendida docemente Em sonhos do sonhador inquieto: É o sonho o seu bordão clemente E repousa num descanso discr...