Follow by Email

sexta-feira, 4 de maio de 2012

EU NUNCA TE ESQUECEREI























A meio da tarde, na floresta encantada,
Cheínha de fadas rosadas e singelas,
Encontrei uma serena princesa alada
Muito mais bela que as mais belas estrelas.

Era tão delicada e apaixonada
Que meu coração começou a doer.
Ofereceu-me flores com a mão alada
E chá melancólico pra eu aquecer.

Ainda qu'a tarde fosse ensolarada,
Eu tremia de frio com barba 'spetada...
Ofereceu-me o chá e roubou-me um beijo.

Já no crepúsculo do fim da tarde,
De mãos dadas no ar, eu sinto que me arde
O coração com saudade de quem não vejo!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário