Follow by Email

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

DIA DOS FINADOS
















Vosso nome venerei, no luminoso
Campo Santo. Saudades aí levaram!
É dia tumular em tronco idoso
E os sinos se dobraram e tocaram.

'Inda vosso nome lembro saudoso,
Entre as flores, memória vos tornastes...
E orei com 'spírito angustioso,
Junto às Campas, aonde vos deitastes.

Esta luz d' Outono se há tornado
Num tempo de saudade e de passado...
Eu, pesaroso, deixei adeus profundo!

Convosco amei, passeei e vivi.
Agora recordo que também sorri...
Dia dos Finados acorda o mundo!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário