segunda-feira, 14 de novembro de 2016

POR TRÁS DO SORRISO

























Eu sei que, por detrás desse sorriso,
Há enorme vontade de chorar.
Eu sei que, dentro de ti, há siso,
Há uma dor que t' and' a torturar.

Que por essa dor que trazes no peito,
Plas lágrimas qu' estivest' a chorar
E por quem tanto chorar te tem feito,
Tens que prosseguir, tens que caminhar.

Sabes? Meu coração está aberto.
Vai em frente. Não olhes para trás,
Apenas para a frente, pra perto.
Se assim fizeres, feliz serás!

Com este meu peito quente, eu penso,
Embora não saiba s' em mim confias,
Eu amar-te-ei a cada momento,
A todas as horas, todos os dias.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQUI MOROU MEU REI

Aqui morou um rei quando, menino, Vestia um castanho algodão. A pedra da sorte do meu destino Pulsava junto ao meu cora...