Follow by Email

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

ASTRO NO CÉU



















Vi um astro no céu, resplandecente
Como nenhum, jamais, vira brilhar.
Roguei: - "Olha por mim. estou carente,
Preciso luz pra me iluminar!

Vê que caminho dolorosamente,
Sem ter espaço bom para pisar...
Andar, assim aos bordos, cegamente,
Não dá para seguir... Quero parar!"

Era lindo o céu d'azul profundo!
Eu era nada... o astro diamante
A refulgir em 'stojo de veludo...

Então sonhei... vi-me centro do mundo
Com o astro aos pés... mas tão distante!...
O astro nem me ouviu... ficou mudo!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário