segunda-feira, 21 de novembro de 2016

FANTASIA
















Voltaste, redentora fantasia,
Mudar um cenário tão sombrio!
Enfim, pensaste trazer alegria
Ao coraçãozinho deste vadio...

Durante muito tempo, eu sabia
Que andava cego, só e vazio.
Se tu me aquecesses, buscaria
Abrigo, pra fugir do vento frio.

Chegaste de repent' à minha vida,
Trazendo, com certeza, a saída
Que eu imaginava e sempre quis.

Agora, finalmente, consegui
E sei como é bom estar aqui:
Poder dizer a todos - Sou feliz!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

DELÍRIO AO PIANO

A tecla, mais doce que um carinho Do meu piano ebúrnio, soluçava. Era como ouvir um sol mansinho, Em cada nota que ne...