quarta-feira, 7 de setembro de 2016

MUNDO CONTURBADO



















Hoje vivemos num mundo conturbado,
Mas isso, lembremos, já não é d' agora.
Pois já era assim no remoto passado
Quando nascemos e nos puseram fora.

Não há na História um só momento
Que não seja de caos e iniquidade.
Estamos num mundo de viver ao vento
Da dolorosa e vã mobilidade.

Vivemos nus num mundo de cobardia
E não nos dão descanso nem alegria...
Com quanto aproveitemos o verão!

A alma quer cobrar a antiga dívida
Do tempo cruel vivido nesta vida...
Mas dão-nos um perpétuo furacão!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

SONETO BEM CRIADO

Nestas linhas mal traçadas, Há um soneto partido E mágoas anunciadas: Ouve-se long' o gemido. Nas linhas, há al...