sábado, 29 de outubro de 2016

UM RAIO DE SOL
















Veio um raio de sol,
Uma fonte de calor.
Era tarde d' arrebol,
Eu continha minha dor.

Par'cia dia d' inverno,
Um dia muito molesto
E tudo era inferno...
O vento corria lesto.

Mas amanhã vai mudar!
Ver o sol eu vou gostar,
Vai aquecer o jardim!

Mas continua a doer...
E é difícil viver
Com o sol longe de mim!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCANSO DUM SONHADOR

A cabeça pendida docemente Em sonhos do sonhador inquieto: É o sonho o seu bordão clemente E repousa num descanso discr...