quarta-feira, 18 de março de 2015

A BELEZA DO INÍCIO



















Cada dia traz-me um recomeço,
O sol dá-me energia de vida...
Contemplo a beleza com apreço,
Para assim, curar minha ferida.

Outras práticas eu não desconheço:
A madrugada acorda-me cedo,
Se há dúvidas, eu as esclareço...
Faço do nascer do sol um brinquedo.

'Strela da manhã como adereço,
Relva orvalhado pra refrescar...
Acreditem-me: Não tem preço
Ouvir a cotovia a cantar!

Sonho acordado... nele tropeço...
A vida não deve ser apagada,
Pois cada dia traz um recomeço,
Depois de um sonho na madrugada!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AOS RAIOS DO LUAR

Nos belos raios do luar, floria Rosa ideal, resplendor d' Halade! Erravam fluídos de harmonia Pela etérea, branca cla...