domingo, 14 de setembro de 2014

QUANDO SETEMBRO CHEGAR





















Quando Setembro chagar,
O Verão terá passado!
O sol vem-m' acordar
Sem brilho, mas apressado!

Há folhas secas no chão,
Há êxtase de pura cor:
As chuvinhas voltarão,
Propiciando amor!

Foge o calor antigo,
Uma brisa teimará
Tentando brincar comigo
E suave passará!

Quando Setembro chegar,
Novas canções haverá:
Há uvas par' apanhar...
Vindimar começará!

Quando Setembro chagar,
Irei abrir as janelas:
Pró nov' odor respirar
E poder ver as estrelas!

Setembro, nov' Estação...
Já se usa o lençol,
Porqu' os dias ficarão
Com menos força do sol!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

VENDO-NOS AO ESPELHO

O espelho não me diz que envelheço, Enquanto andar junto da mocidade. Mas as rugas vêem meu rosto impresso... J...