domingo, 7 de setembro de 2014

À ESPERA DO ALVORECER




















Vou caminhando na 'strada do viver...
Muitas vezes a escuridão temi!
Sempr' houv' uma voz que me veio dizer:
 - Logo mais, a densa treva sai daqui!

É preciso 'sperar o alvorecer...
Já brilha a esp'rança da manhã!
Há vitória segura, basta crer
E olhar par'a Estrela da Manhã.

Escalando as montanhas do viver,
Esperarei o dia amanhecer
E, com muita fé, a vida prosseguir.

Muitas vezes a noite me envolveu,
Seus lampejos de glória concedeu...
Sempr' acreditei qu' o Sol ia surgir!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

ORIENTA-ME, ESTRELA DA MANHÃ !

Eu te procuro, doce estrela a manhã Que no lusco-fusco d' aurora 'stá desperta, Por vezes, no meio de nuvens c...