Follow by Email

sábado, 27 de setembro de 2014

O BELO CISNE II


















Enquanto do seu amor faz a morada
E vai deslizando no lago azul,
Elegantemente a dama cortejada,
Encanta ao chegar dos lados do sul.

A alvorada animou a chegada
Da cisne branca, na relva verdejante.
O cisne sorri ternamente à amada,
Apaziguando o amor errante.

Ela viu-o ao longe no horizonte.
O amor incendiou-se junto à fonte...
Voou sete mares... unir corações!

Ela veio, enfim, pró doce enlace,
Rodopiando saudade face a face...
Ávidos d' amor, afloram emoções!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário