Follow by Email

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

AS CRIANÇAS DO CAMPO

















As crianças do campo são amorosas,
Ao calor do dia, folgam seminuas...
Arranjam brincadeiras misteriosas,
Na agreste solidão das suas ruas.

E alegram as paisagens as crianças,
Mais cheias de murmúrios do qu' um ninho.
Elevam-nos às coisas simples e mansas
Que lembram as brancas asas d' um anjinho.

Pelas tardes, nas eiras, como eu gosto,
Olham par' a luz brilhante do sol posto
E pensam nas brincadeiras d' amanhã.

P'las noites d' Estio, escutam os ralos
E, de madrugada, o cantar dos galos...
Pressente-se vida activa e sã!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário