Follow by Email

quinta-feira, 16 de março de 2017

GRANDEZA DO AMOR























Quem quer um grande amor tem que dar-se,
Abrir, mostrar o "EU" interior,
Sem fazer dos sentimentos disfarce...
O rosto brilha, quando há amor.

Amor é cais, vive a procurar-se,
A lua é farol no seu fulgor.
Não se perde, por mais que se esgarce,
É um só, qual o talo e a flor.

Quem o tem, oferece-o sem preço,
Maior qu' o seu valor é o apreço,
Está em todos, feito em contágio.

É grande para unir alguém distante,
É vida mesmo em vão instante,
É forte e grande... só por ser frágil.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário