Follow by Email

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

POEMA À MINHA MUSA



















Ela é bonita e é gostosa,
Gestos de anjo, corpo sensual.
É como a Cinderela formosa...
Deixa-me louco com seu avental.

Eu tremo quando me dá um abraço
Vigoroso, ao jeito de donzela,
Fico doido e apresso o passo,
Só para ir respirar à janela.

Ela é suave, fruta madura,
Tão doce que se derrete na boca,
Quando a pego, ninguém me segura...
Fico louco quando põe sua touca!

E gosto das coisas que ela faz:
Mexe comigo, põem-me no chão.
Pra ond' ela vai, eu vou sempr' atrás...
Abre-m' as portas do coração!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário