quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

UMA CASA NO PLANALTO

















Vou fazer uma casa lá no alto
Onde as estrelas passam pertinho,
Junto ao céu e longe do asfalto...
Entre as nuvens vou fazer meu ninho.

Quero ver o vento em burburinho
E fazer canções como um incauto,
Mesmo tendo meu coração sozinho,
Vou ver o sol ao longo do planalto.

Uma casa simples feita de terra,
Minha luz será o luar da serra,
Cozinho com lenha em velha rede.

Tenho esp'rança na noite que vem,
Naquela porta vai entrar alguém
Cheio d' amor, matar minha sede.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

ORIENTA-ME, ESTRELA DA MANHÃ !

Eu te procuro, doce estrela a manhã Que no lusco-fusco d' aurora 'stá desperta, Por vezes, no meio de nuvens c...