Follow by Email

sábado, 18 de julho de 2015

A ROSA LEVOU A TRISTEZA

Eu ia devagarinho
Pela vida, quem me dera
Ter rosas à minha 'spera,
Com um coração pertinho!

Ao despertar no meu ninho,
Ouvi tua voz que era
Encantada primavera
A indicar meu caminho.

Maravilhado com tudo,
Mas fui ficando mais triste
E, com o tempo, mais mudo!

Era infeliz! Mas eu
Vi qu' a 'sperança existe!
Tristeza? Desap'raceu!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário