sexta-feira, 4 de julho de 2014

SÓ HÁ UMA CERTEZA























Sei pouco de fado, destino e vida,
Nada de mentiras, algo de verdade.
Sei que o amor traz mágoa sentida,
Nem sempr' é encanto e felicidade!

Há sorriso e alegria perdida,
Também há tristeza e muita saudade!
Quando regresso da terra, à partida,
Não volto inteiro, deixo lá metade!

Eu sei que na vida há muita vaidade,
Há muitos desejos e a paixão arde...
Mas, um dia, daremos contas da vida!

Sei de coisas que meu poema invade,
Tenho certeza que mais cedo ou tarde,
Haverá silêncio e... folha caída!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AS FRAQUEZAS DA VIDA

Eu não sei se há algum fundamento Andar com a vida sem sintonia. A esperança levou-a o vento... Pois tudo tem que aca...