quarta-feira, 21 de maio de 2014

POESIA NO OLHAR





















Pensei poesia quando olhava,
Perdido, a curva do horizonte.
Crepúsculo colorido andava
Nas nuvens onde o sol se esconde.

Amanhece e o sol faz nascer
Lindas flores de bela raridade
Que a felicidade faz crescer
Já na madrugada, na claridade.

E canta o melro à minha porta,
No arvoredo começ' a canção.
Volta a vida que par'cia morta,
Nasc' o sol qu' aquece o coração.

Encontrei poesia num olhar
De criança que me toux' emoção.
Seus olhos são mundo a explorar,
Caminhos pra chegar ao coração.

Anoiteceu! Não há ninguém na rua.
A 'strela da noite apar'cerá.
No firmamento nasce já a lua
E minha alma saudade terá.

Estou feliz porqu' o amor subsiste.
O horizonte vou 'inda sondar.
A beleza, à tardinha, insiste
Em dar poesia ao meu olhar.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

DIA PARA VIVER

Hoje o amanhecer me sorri: Eu sinto toda a força do mundo, Recordo coisas boas que vivi, Sinto-me leve - bem estar prof...