sábado, 24 de maio de 2014

CONTINUA CHOVENDO

















Era um dia de Maio,
Ouvia cantar o gaio...
Dia que não sei qual era.
Mas recordo-me das flores,
Do seu esplendor de cores:
'Inda era Primavera!

Caía chuvinha fina,
Ia molhando a colina,
Encharcando meu lugar!
O sol, às vezes, surgia,
Mas a chuva insistia
E não queria parar!

A paisagem era bela,
Observei-a da janela
E pus-me log' a sonhar:
Se voasse p'las estrelas,
Poderia descrevê-las
E nas nuvens passear!

Veria planetas mil,
Galáxias cor d'anil
E tudo conheceria!...
Acordei meio perdido,
Com o coração dorido...
Afinal, 'inda chovia!...

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

ORIENTA-ME, ESTRELA DA MANHÃ !

Eu te procuro, doce estrela a manhã Que no lusco-fusco d' aurora 'stá desperta, Por vezes, no meio de nuvens c...