quinta-feira, 8 de maio de 2014

MÊS DE MAIO NO CAMPO


















Quando eu era catraio,
Aos meus brinquedos juntei
Um ramo do mês de Maio,
Com belas rosas brinquei.

Pelas beiras do caminho
Que tão belas flores tinha,
Delas fiz um bom raminho
Pra dar à minha mãezinha.

No campo há a beleza
Do florir por tod' o lado:
Respira-se natureza,
Fica-se maravilhado.

Corre-se até ao monte
E senta-s' a descansar,
Tira-se água da fonte
Par' a sede saciar.

Vai-se por campos em flor,
Ouvind' o canto do gaio,
Enleva-se com o odor,
No bonito mês de Maio.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQUI MOROU MEU REI

Aqui morou um rei quando, menino, Vestia um castanho algodão. A pedra da sorte do meu destino Pulsava junto ao meu cora...