quinta-feira, 15 de maio de 2014

O POEMA NASCE DA ALMA


















Nasce do sonho da vida,
Da rejeição dum amor,
Da dor de alma partida...
Do nascer de uma flor!

Nasce duma emoção
Que tem de ser repartida
Por um outro coração,
Onde quer sentir a vida.

Nasce para encantar,
Com amor em erupção!
É uma forma d' amar
Sem precisar de razão.

Poema nasce da vida
Da alma, pra lá ficar.
Mas ele quer ter saída,
Pra outra alm' encantar!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

ORIENTA-ME, ESTRELA DA MANHÃ !

Eu te procuro, doce estrela a manhã Que no lusco-fusco d' aurora 'stá desperta, Por vezes, no meio de nuvens c...