segunda-feira, 14 de outubro de 2013

ESTRELAS DE ORVALHO
























Está frio! Vou procurar agasalho.
Surgem lágrimas, mas luto por contê-las.
Vou pela 'strada, minhas mágoas espalho,
De olhos abertos... procurando estrelas.

Vejo flores chorar lágrimas d'orvalho.
Vejo toda a criação chorar pelas
Folhas que se balançam em cada galho
E caem gotas que parecem estrelas.

Mas vou triste: Baila pelo espaço
Um lamento das gotas que ficaram
Sem amor, sequer, para entendê-las.

Vou deixando minha dor por onde passo...
Olho o céu: As mágoas debandaram,
Ante o esplendor e brilho das estrelas.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

TRAZER O "SER" LIBERTO

Da gota d' água dum carinho agreste Geram-se os oceanos da bondade. O coração qu' é livre e bom reveste Todo o...