Follow by Email

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

CRIANCINHA BOA

















Criancinha boa, mas menino triste.
O menino triste que sofre sozinho.
Que sofre sozinho, mas sempre resiste,
Este menino triste, sofre sozinho!

Criancinha boa, menino ausente.
De tanto sofrer se tornou pensativo,
Ao ponto de não saber mais o que sente,
Que por tanto sofrer ficou pensativo!

Criancinha boa, mas menino mudo.
Que não teve nada, que nada pediu,
Porque tinha medo de perder tudo,
Por isso, passou fome, mas não pediu!

Criancinha boa e menino santo.
Do alto, se inclina sobre o mundo,
Mas, ao olhar, só vê o seu desencanto,
Seu olhar vê no horizonte, outro mundo!

Ao ver passar, numa onda lenta e fria,
A 'strela perdida da felicidade,
Já sabendo que não a possuiria,
Foi, sozinho, à procura da verdade!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário