Follow by Email

sexta-feira, 1 de julho de 2016

O AMOR É COMO UMA FLOREIRA



















Quando tu supuseste que terminou
A loucura d' amor que nos unia...
É verdade! Tão longe nos levou
Que nem vimos a dor que nos trazia!

O meu amor nunca descuidou
Aquilo que te trazia agonia.
Mas um' amarga ventura chegou
Pra tu o extinguires num só dia!

Na verdade, a vida me ensina
Qu' até o amor um dia termina,
É inútil sustentar ilusão...

Ao ver-se a estrela vespertina,
A chama do coração s' ilumina
E ao entardecer volta a paixão!

Modesto


Sem comentários:

Enviar um comentário