Follow by Email

sexta-feira, 15 de julho de 2016

HUMILDE FONTE DA BICA



















Mal surge a madrugada,
Pass' a noite, o dia aflora
Cheio de vida amada,
Começa com a aurora.

Minha fontinha da bica,
Quero a cara lavada.
Fazes-me a alma rica,
A vida quase sem nada.

- Se pudesse te diria
Que sou fonte engeitada
E outra fonte podia
Ter água encantada.

- Minha fontinha amada,
Soubess' eu te contaria!
Essa água encantada
Quem é qu' a encontraria?

É cantiga inventada
Pra minimizar a bica.
A água da madrugada
É a melhor, a mais rica!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário