quarta-feira, 6 de julho de 2016

E... FICOU A SAUDADE

























Além do luto, há saudade,
Recordação venturosa.
No Portão d' eternidade,
Há arco-íris de rosa.

E ficas dentro de mim,
Como amiga doada,
Serás rosa no jardim,
Com tristeza confirmada.

Mesmo morasses distante,
Carrego luto constante,
No dia sem alvorada.

Qu' a recordação passante,
Alzira sempre m' encante,
Com a alma descansada.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

TRAZER O "SER" LIBERTO

Da gota d' água dum carinho agreste Geram-se os oceanos da bondade. O coração qu' é livre e bom reveste Todo o...