Follow by Email

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

AMO A VIDA

















Amo a vida e me apego a ela,
Como se apegam ao firmamento
Os seus mistérios com a mais bela estrela
E o soprar enérgico do vento.

A grande energia que flui no meu espírito,
O sangue que corre nas minhas veias
Nutrem a minha alma ... (como é bonito!)
Filtrando amores e suas teias.

Um Ente existente
Sacia as fibras dos meus sentidos.
Por isso, Amo a Vida, sempre latente,
Bela, efervescente
Que acolhe os meus gemidos!

Modesto



Sem comentários:

Enviar um comentário