sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

A FLOR DA MINHA INCLINAÇÃO

















A recente história da Primavera
Fez-me ouvir de novo o rouxinol a cantar.
Sinto que em mim se abre um altar,
Com nova canção, muito mais severa.

Cortei a flor da minha predilecção,
Coloquei-a entre as mãos para rezar
Ao deus do amor que ouvia cantar
E, sem surpresa, me causou emoção.

À minha volta torno a ver a cor,
As ervas são verdes como dantes...
Só o caminho passou a ser diferente!

E, já na senda divina do amor,
Alisou-s'o caminho com' era dantes...
A flor fez-se mulher e bem sorridente!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

O CORAÇÃO DO SER HUMANO

O coração de todo o ser humano Foi concebido para ter piedade, Pra ser doce no eterno desengano, Para olhar e s...